Aprendendo um novo idioma

Olá, leitores!
Há muito tempo, eu queria compartilhar o meu histórico de aprendizado de idiomas, e o post de hoje é sobre isso.
Na verdade, esse vai ser o primeiro post sobre o tema: Como aprender uma nova língua.
Não apenas para o idioma que estou aprendendo no momento, mas também para o inglês e/ou línguas em geral.

O foco deste post é incentivar as pessoas que querem aprender uma língua e não sabem por onde começar ou precisam de inspiração. Eu sei que parece ser muito complicado no início, mas posso lhe garantir que melhora e o resultado é gratificante.

Então vamos começar!
Desde criança, meu sonho era aprender várias línguas. Eu não sabia o que faria ou que carreira seguiria, mas uma coisa eu sempre tive certeza, e era ser poliglota.
Aos 11 anos eu me interessei pela língua japonesa e comecei a estudar por conta própria com um material que eu tinha em casa, que minha prima trouxe do Japão.
Como descendente de japoneses, a minha curiosidade para entender o que alguns dos meus familiares diziam, só crescia. Meu pai vendo o meu interesse, logo me matriculou em um curso. Estudei por quase 3 anos e, infelizmente, tive que sair devido a carga horária sobrecarregada.
Eu obtive um grande progresso com a língua japonesa e subia de nível no curso a cada mês. Porém, como parei de estudar por todos esses anos, eu já não me lembro de quase nada. Sei apenas ler, sem saber o significado.

Já com o inglês, foi um pouco diferente. Até o ensino médio, eu não fazia ideia de como as pessoas conseguiam entender tal língua e o ensino nas escola não ajudou em nada.
No entanto, eu sempre gostei e admirei o inglês. Até hoje, acho as palavras bonitas e simples.
As coisas mudaram assim que eu ganhei um computador e conheci o mundo das séries de televisão e filmes americanos. Além das músicas, as séries me fascinavam e eu acompanhava várias. Todas com legenda em português. Aproximadamente, 2 a 3 anos depois, eu notei que já entendia tudo o que os personagens falavam.
Percebendo o meu avanço, tentei pegar livros com um inglês fácil para treinar mais.
Hoje em dia, a maioria dos livros que leio, são em inglês. Já não preciso mais de legendas e consigo traduzir, tranquilamente, qualquer coisa que me perguntarem.
É a mais pura verdade aquela frase que as pessoas falam: “Você se torna fluente, quando começa a pensar na língua e não precisar traduzir”.
Aprender inglês foi uma das melhores coisas que fiz e me orgulho ao dizer que aprendi sozinha, sem nenhum curso.

Já o espanhol, apesar de ser uma língua um pouco mais fácil e familiar, eu tive mais dificuldade. Acabei fazendo um curso online que o Governo oferecia enquanto eu estava no Ensino Médio. O curso era simples, porém de boa qualidade.
Eu não lembro de muita coisa, mas consigo me virar ao ler ou escutar alguém falando.
Até hoje, não consigo entender como aprendi inglês, mas espanhol me confunde tanto.
Eu começo a falar em espanhol e acabo terminando em inglês. A falta de prática com certeza está relacionada.
Futuramente, pretendo ler mais livros em espanhol e acompanhar Youtubers para aperfeiçoar a leitura, audição e dicção.

Agora, alemão. Fiquei animada ao saber que meu pai já estudou a língua quando mais novo e tem alguns livros guardados por aqui. Eu fico fascinada ao ver alguém falar ou escrever em alemão. Eu não sei nada da língua, além de saudações e algumas palavras.
Alemão é uma das línguas que eu mais queria aprender durante a adolescência e estava focada para começar meus estudos este ano. Teria dado certo, mas acabei me apaixonando por outra língua e decidi deixar o alemão para depois.
Aprender essa língua em específico, é um pouco mais complicado. Eu conheço poucos livros que foram escritos em alemão e a disponibilidade de filmes ou séries com legendas, é muito baixa. Esses fatores, com certeza, dificultam mais e a persistência é necessária.

Por fim, a língua que eu queria falar e que agora tem um espaço só para ele aqui no blog. O coreano! Só agora eu notei quantas coisas relacionadas à Coréia eu já conhecia e simplesmente não percebia. Uma das minhas tias adora assistir aos doramas, a Lane de Gilmore Girls fazia o papel de uma descendente coreana, e um dos meus salgadinhos favoritos, é importado da Coréia.
Mas, o que mais mais me chamou atenção, foi a música coreana, o K-POP.
Há alguns anos, eu conheci alguns grupos como Super Junior e Girls Generation, porém foi algo passageiro e não acabei me viciando e nem procurado por mais músicas.

Foi neste ano, em Fevereiro, para ser específica, que mergulhei de cabeça. Como disse em um post anterior, enquanto eu estava no Youtube, achei um grupo chamado BTS (Bangtan Sonyeondan) e acabei clicando para ver sobre o que se tratava. Mal eu sabia que era um caminho sem volta. Em questão de dias, eu já havia decorado todas as músicas e conseguia acompanhar as letras. Fui conhecendo mais grupos, o processo se repetia e se repete até hoje.

Eu me apaixonei pela língua e como as palavras soam tão bonitas e com um maior significado quando não traduzidas. Além da dicção ser tão pacífica e harmoniosa.
Fui pesquisando ainda mais e passei a respeitar e admirar a cultura e tradições do país.
Comecei a acompanhar alguns K-Dramas como: Strong Woman Do Bong-SoonHwarang: The Beginning. E eu achava que as séries americanas eram viciantes.
Com esses seriados e vídeos no Youtube, acabei aprendendo algumas expressões por conta da repetição. E claro, fiquei curiosa para saber como se escreve e como era o alfabeto coreano (hangul). Fiquei tão focada em entender e tentando escrever algumas coisas, que acabei decorando o alfabeto em 3 dias.

AFullTimeReader.JPG
Agora estou na mesma situação que o japonês. Sei ler, porém não sei o significado.
Só que desta vez, as séries e músicas estão ao meu favor, assim como o inglês estava; junto com a minha vontade de aprender ainda mais sobre a língua.
Aos poucos, estou aproveitando o tempo livre para estudar, treinar a escrita e não perder a prática.

Tendo isso em mente, decidi criar um espaço no blog para os meus estudos e uma espécie de diário. Coreano não é uma das línguas mais fáceis de se aprender, então todas as armas e artimanhas, são bem-vindas!
Além do mais, muitas pessoas estão interessadas em aprender um idioma novo. Tanto por ser necessário, quanto por gosto. Os métodos de aprendizagem são semelhantes.
A única mudança, é o idioma. Meu intuito é aprender e ao mesmo tempo, dar dicas àqueles que estão estudando. Independente da língua.

Esse post ficou muito maior do que eu esperava, mas queria compartilhar toda a minha história, com detalhes. Essa sessão no blog vai ser literalmente como um diário e se de alguma forma inspirar alguém ou fazer com que alguém se interesse pela língua, ficarei ainda mais feliz.
Obrigada por ter me acompanhado até aqui e até o próximo post.

CURIOSIDADE: Na minha opinião, o coreano é mais fácil que o japonês, pelo menos em relação à escrita. Explicarei mais em breve.

Anúncios

14 comentários sobre “Aprendendo um novo idioma

  1. Annyeong,Thais! ^^

    Primeiramente: AMEI ESSE SEU POST! ❤

    Assim como você, desde criança/adolescente tive a vontade de aprender novas línguas e isso surgiu da necessidade de que para realizar o sonho de conhecer vários países, eu teria que aprender pelo menos o inglês para poder me comunicar. E foi exatamente nele que resolvi focar primeiro, e depois seguiria uma ordem cronológica que envolvia, espanhol, alemão, italiano, toda língua do mundo menos o coreano!! Fiquei bem feliz ao saber que você aprendeu as línguas sozinha, isso me motivou ainda mais porque resolvi me aventurar nessa com o coreano, e saber que é possível alcançar esse objetivo sem que envolva sangue suor e lágrimas ( melhor referência hahaha ) é maravilhoso.

    A minha vontade de aprender a língua veio por motivos inversos a sua hahahha. Ela iniciou através dos doramas (AMEI SABER QUE VOCÊ GOSTA DOS MEUS QUERIDINHOS STWDBS E HWARANG AAAAAAA) aí depois veio o K-POP e eu só fui ficando cada vez mais cativada pela língua porque se a gente ouve uma música é claro que a gente quer cantar também né? Nem que a única parte da música que você saiba seja aquela partezinha em inglês! E os doramas, além de entreterem e gerarem vários surtos acabam sempre transmitindo o significado de uma palavra ou outra pra gente, então o vocabulário que eu sei (bem pobre, mas hahah), eu aprendi da minha experiência de dorameira e tenho muito orgulho disso, melhor aprendizado é aquele que a gente aprende com prazer e se divertindo né?

    Menina, você é um furacão! Eu levei quase uma semana pra decorar o Hangul! E ainda assim, parei nisso, já que iniciei a parte da gramática mas por conta da faculdade tive que deixar o estudo da língua pra escanteio. Pretendo retornar agora nas férias ( próxima semana uhuuul ) e agora fiquei mais empolgada ainda porque terei acesso a esse seu diário e as suas dicas. Estou muito ansiosa! Temos que praticar bastante porque da próxima vez que BTS vier para o Brasil, estaremos no show cantando divamente todas as letras de música certinho! E sem falar a viajem futura para a Coréia né? !

    Thais, amei seu post, amei a sua iniciativa. Agora ficarei de olho aqui esperando suas dicas! Dessa vez tem que funcionar esse meu aprendizado!

    Beijinhos,

    Ju ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Annyeong, Ju! Foi exatamente “Olá” que escrevi na foto 😂
      Sonho desde criança em viajar pelo mundo e conhecer novas culturas. Para isso, realmente, o inglês era o básico. Eu fico fascinada com a quantidade de línguas por aí e a vontade que tenho, é de aprender todas. Eu nunca pensei em aprender coreano! Para mim, era pior que árabe e não fazia sentido algum. Ainda bem que tive a oportunidade de conhecer melhor a cultura e me corrigir.
      Aprender um novo idioma é difícil, ainda mais sozinho. Tem tanta coisa e possibilidades, que é muito fácil se perder. Parece bobagem e sem resultado algum, mas as séries e músicas ajudam muito!! Sempre tem aquela palavra ou expressão que se repete toda hora e vai ficando fácil decorar. Eu mesma utilizo algumas expressões coreanas no dia-a-dia e ninguém me entende 😂 Todo dia ensino uma palavra nova aos meus pais.
      Além do mais, nada melhor do que aprender algo enquanto está se divertindo. Esse é o segredo. Fica muito mais fácil quando você está 100% interessada. Não só em um idioma em questão, mas em toda a cultura.
      Sobre o Hangul, eu fiquei chocada com o alfabeto coreano! Antigamente, aquilo não fazia sentido algum para mim e hoje vejo o quão simples é. Como eu disse, mais fácil que o japonês 😁
      Muito obrigada pelo carinho e mensagem de apoio. Eu realmente espero que algum dos posts te ajude e te inspire de alguma forma. Estudar uma nova língua nas férias, juntamente com boas músicas e doramas, é o paraíso 💙
      Ainda temos muito sangue, suor e lágrimas pela frente, mas chegaremos lá. Vamos aos shows e para a Coréia para aperfeiçoar ainda mais o que aprendermos! Já até separei o meu salto alto aqui. Gente, que país de gente alta. Eu me sinto uma criança, e nem sou tão baixa assim 🙈
      Novamente, muito obrigada pelo carinho! Hwaiting!! 💪🏼

      Curtir

  2. Eu quero muito aprender japonês, eu sei identificar algumas palavras escritas e faladas graças aos animes, assim como você, eu consegui aprender os alfabetos em 3 dias, mas aí a faculdade começou a tomar o meu tempo e eu acabei esquecendo o alfabeto e deixei de lado o idioma, mas quero muito voltar a praticar. Acredita que acho o japonês mais fácil que o inglês? Eu tenho uma ficuldade enorme com a língua, pra falar eu enrolo tudo e não sai nada e infelizmente não consigo ler e nem mesmo depois de anos assistindo série e ouvindo músicas consigo saber o que eles falam, nem que seja um pouco.
    Agora tô querendo aprender francês, eu já tinha um enorme amor pela língua, mas agora que talvez eu vá morar na França, eu queria ir sabendo pelo menos o básico, mas mais uma vez a faculdade tá me consumindo e eu não tenho tempo pra aprender e sem falar que eu também não tenho muito foco aprendendo sozinha, pra mim um professor é essencial.
    Acho que o comentário ficou muito grande e um pouco confuso 😂

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi, Isys! Fico feliz em finalmente conseguir ler o seu comentário.
      Que fantástico! Japonês é um idioma tão bonito; tanto a fala quanto a escrita. Eu sinto muita saudade de estudar e espero que um dia eu consiga voltar.
      Eu acredito! No meu caso, é o espanhol. Deveria ser mais fácil, eu acho, mas me enrolo muito e preciso pensar muito mais ao falar. Mas pelo lado bom, japonês é um idioma mais difícil de se aprender que o inglês. Se você está se dando bem no difícil, o inglês vai se desenrolando aos poucos com o tempo ☺️ Eu posso fazer um post sobre livros com um inglês fácil e que pode ajudar no treinamento da língua.
      Animes! No ano passado, eu comecei à assistir um anime, mas acabei parando pela falta de tempo. Isso ajuda muito! Você costuma escutar musicas em japonês também?
      Morar na França, que máximo! Um dos melhores modos de se aprender uma língua, é passar um tempo no país. Você acaba se acostumando tanto com as pessoas falando ao seu redor, que quando você vai ver, já está fluente.
      Aprender qualquer coisa sozinho, é difícil. Precisa de uma força de vontade extra 😆
      Assistir à vídeos de YouTubers franceses pode te ajudar, ainda mais se tiver legenda no vídeo. Tanto em francês, quanto em português.
      O problema hoje em dia é a falta de tempo, mas aos poucos, alcançaremos nossos objetivos. Espero que dê tudo certo com a sua viagem e muito obrigada pela mensagem! 💜 Eu adorei saber um pouco sobre você e os idiomas que você mais admira 😁

      Curtir

  3. Oii! 🙂
    Eu quando era mais nova não gostava do inglês, achava uma língua chata e em parte porque eu tinha que tirar nota na escola, então acabava quase que decorando e não aprendendo realmente. Conforme os anos foram passando, um pouco antes de entrar na faculdade, o meu interesse pelo idioma mudou, comecei a me apaixonar, as séries e músicas tiveram um papel fundamental, hihi. Eu nunca fiz nenhum curso presencial, contudo, sempre estou testando novos aplicativos, adorei o Duolingo e atualmente estou utilizando o Hello English, os poucos minutos por dia fazem uma diferença absurda. O que me deixou extremamente feliz esse ano foi ter conseguido completar a leitura de um livro, o felizardo foi “Our Chemical Hearts”, aprendi tanto e me surpreendi por ter compreendido mais de 50% sem a ajuda de tradutor. Pretendo ler bem mais e quero pedir sua ajuda, quais livros indica para quem está começando?
    O Francês sempre me encantou, que idioma mais lindo, a pronúncia, as frases, eu sou totalmente apaixonada, tanto que já assisti inúmeros filmes e também fiz no Duolingo, pelo menos o básico eu consigo compreender e falar, mas ainda quero aperfeiçoar.
    Quanto ao Espanhol, humm, eu tinha muita facilidade na escola, lembro que quando tinha que ler em voz alta para a turma, a professora até se espantava com a rapidez (mocinha tímida lendo = leitura ultrarrápida, hahaha), contudo, confesso que até pouco tempo atrás, tinha uma certa birra, talvez pelo fato do idioma ser semelhante ao português, rs. O que me fez mudar de ideia e me fez ter interesse novamente foram as músicas, conheci alguns artistas espanhóis e pirei completamente.
    Já aprendi também um pouco de norueguês, culpa da série “Skam” ♥ e tentei o alemão, mas achei ambos muito difíceis, haha.
    Para finalizar, quero te parabenizar pelo post e dizer que aguardarei ansiosamente pelos próximos.
    Beijos ❤

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi, Bia! Tão bom te ver por aqui.
      Exatamente! Parece que tudo muda quando passamos a conhecer melhor a língua ou cultura. Tudo acaba se tornando mais interessante e fascinante. Esse é o lado lindo de se aprender algo novo 💚
      Aplicativos são ótimos. Sempre estou na procura de alguns para dar aquela ajuda extra.
      Que legal! Eu acabei de comprar “Our Chemical Hearts”. Eu não sei o nível de inglês dele, mas conseguir entender 50% já é um grande avanço. Parabéns!!
      Eu vou fazer uma lista de livros com um inglês para iniciantes e vou postar. Tenho alguns em mente já e acho que você vai gostar ☺️
      Eu adoro ler em espanhol! O som das palavras é tão diferente, mas tão bonito. Eu não conheço muitas músicas em espanhol. Admito que amava RBD 🙈 Quais artistas você mais gosta? Fiquei curiosa e já quero conhecer!
      Muitas pessoas me disseram que essa série, “Skam”, é muito boa. Vou precisar dar uma olhada, com certeza.
      Eu também acho alemão muito difícil. Fico irritada quando meu pai diz que é fácil. Isso porque ele já sabe o básico, né? 😂 Mas aí eu vou lá e jogo um inglês e coreano nele 😏
      Muito obrigado pelo carinho e apoio, Bia. Sua mensagem me deixou muito feliz. Beijos! 💙

      Curtido por 1 pessoa

      • Oii!
        Já estou curiosa para saber quais títulos vai me indicar 🙂
        Eu não tenho um só artista preferido, gosto de ouvir uma playlist do Spotify chamada Bailando, que é recheada de músicas latinas, é cada descoberta, hahahaha.
        Eu gosto muito de “Skam” e como a série acabou, deixei os últimos capítulos, estou economizando, hihi.
        Imagino como deve se divertir com o seu pai, hehe. O meu chegou a estudar esperanto, latim e francês na escola, mas não se recorda muito. Já minha mãe arrasa no inglês, sempre peço ajuda, principalmente significado de palavra.
        Depois que finalizar a leitura de “Our Chemical Hearts” me conte o que achou, eu adorei, me surpreendi muito!
        Fico feliz em poder ajudar e feliz por ver que voltou cheia de inspiração ❤
        Beijos!

        Curtido por 1 pessoa

      • Que legal! Eu vou procurar no Spotify um dia desses então.
        Eu vou ver se consigo achar “Skam” em algum lugar e baixar os episódios. Estou curiosa!
        Eu me divirto muito com ele. Sempre descubro e aprendo coisas novas e amo isso. Meu sonho é saber latim, mesmo que muitos dizem ser inútil. Eu acho lindo e a série Supernatural só me fez ter mais vontade ainda.
        Pode deixar que falo sim. Eu vou tentar ler durante a maratona, se der tempo.
        Muita inspiração e saudade de escrever. Posso não postar tanto no Instagram, mas pretendo manter o ritmo aqui no blog!
        Beijos, Bia! ❤

        Curtido por 1 pessoa

  4. Olá Thais, tudo bem? Acabei de descobrir teu blog e achei bem legal teus posts serem em português/english. Também sou uma aspirante ao poliglotismo…o idioma que estou estudando no momento é o russo.Estou ansiosa pelas tuas dicas! I’m pleased to meet you! Abraço, Fernanda.

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi!! Tudo ótimo e você?
      Muito obrigada! Eu tenho muito interesse na língua russa. Sigo algumas pessoas nas redes sociais e fico admirando a escrita, sem entender nada. Russo é difícil como parece?
      Espero que as dicas te ajudem te alguma forma. Fiquei muito feliz em te conhecer também. Beijos, Fernanda!

      Curtido por 1 pessoa

      • Estou bem também! A língua russa é fascinante, e sim, tem seus desafios. Algo que eu achei que seria difícil, aprender o alfabeto cirílico, nem foi tanto assim. Dominei a leitura razoavelmente bem em pouco tempo, assim como tu o fizeste com o coreano. A compreensão vem devagarinho com o tempo, à medida que adquirimos vocabulário. O desafio que encontrei são as declinações intermináveis…mas eu sei que, como diz o ditado, de grão em grão a galinha enche o papo. A coisa mais importante que aprendi, ao estudar idiomas, é que a constância nos leva longe… beijos! (Estou na expectativa das tuas dicas, hein? 😉)

        Curtido por 1 pessoa

      • Eu não sei nada sobre a língua russa, infelizmente. Pelo seu comentário, parece realmente ser muito interessante e fascinante. Até mesmo mais complicado do que o coreano. Tenho certeza de que você irá progredir ainda mais em seu aprendizado do idioma. Aos poucos, chegaremos lá!
        Muito obrigada pelo carinho 😁

        Curtido por 1 pessoa

Me diga o que achou!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s