Maratona Literária de Inverno 2017 Update #3

Olá, leitores!
Estamos quase no fim da #MLI2017 e vim aqui atualizá-los sobre o meu progresso.
Fiquei tão focada nas leituras, que acabei esquecendo de postar nas redes sociais.
Me desculpem! A leitura está fluindo muito bem e não quero que isso acabe tão cedo, então estou aproveitando essa animação ao máximo possível.

Desde a minha última atualização por aqui, eu consegui completar mais alguns desafios e até mesmo dar um upgrade.
Inicialmente, escolhi o nível fácil, já que estava com uma horrível ressaca literária. O que eu não esperava, era conseguir voltar a ler e conseguir completar a minha TBR em menos de uma semana. Então, decidi dar uma evoluída e aderir ao nível intermediário.

Estes foram os desafios que consegui completar nos últimos dias:

LIVRO COM MENOS DE 200 PÁGINAS: Check ✓
LIVRO ESCRITO POR UMA MULHER: Check ✓
LER LIVRO SEM SABER SINOPSE: Check ✓

Os livros lidos foram:

Sete Minutos Depois da Meia-Noite” do Patrick Ness
A Metamorfose” do Franz Kafka
P.S. I. Like You” da Kasie West

Eu pretendo fazer resenha de todos esses livros que li durante a maratona, então apenas deixarei o link da página do Goodreads, caso queiram checar a sinopse.

Estou me surpreendendo com todas as leituras que estou fazendo este mês. Todas elas foram muito boas e ainda consegui ler dois clássicos!

Agora eu estou na metade de “Perdão, Leonard Peacock” e na página 104 de “Magnus Chase: A Espada do Verão“. Estou adorando ambas as leituras. Espero conseguir terminá-las em breve e pegar mais um livro para completar o nível intermediário; um livro nacional. Eu já escolhi e será “Picta Mundi” da Gleice Couto.

Como estão as leituras de vocês deste mês? Espero que ótimas!
Até o próximo update, que provavelmente será para encerrar a maratona.
Annyeong!

“Para Todos os Garotos Que Já Amei” Ganhará Filme

Olá, leitores!
Eu estava navegando pela internet e me deparei com esta notícia: “Para Todos os Garotos Que Já Amei” da Jenny Han, finalmente, ganhará uma adaptação cinematográfica!
Corri para confirmar a notícia e procurar por mais informações.
Descobri que as filmagens já estão acontecendo desde o começo deste mês, em Vancouver, e que o elenco já foi escalado.

Para Todos os Garotos Que Já Amei” é o primeiro livro de uma trilogia, e todos os livros já foram traduzidos e lançados aqui no Brasil pela Editora Intrínseca.

25449676.jpg

SINOPSE:
Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos.

Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.

De acordo com a página no IMDB, estes são os atores já escalados no elenco:

Lara Condor como Lara Jean Covey
Janel Parrish como Margot Covey
Anna Cathcart como Kitty Covey
Noah Centineo como Peter Kavinsky
Israel Broussard como Josh Sanderson
Andrew Bachelor como Greg
John Corbett como Dr. Covey
Entre outros..

Lara Condor é mais conhecida por seu papel em X-Men: Apocalipse como Jubilee. Assim como Janel Parrish é conhecida pelo seu papel de Mona, em Pretty Little Liars.

O filme ainda não tem data de estreia. Porém, a autora está atualizando seu Twitter com novidades e fotos das gravações; como estas:

2560x1440-white-solid-color-background.jpg

Estou muito ansiosa pela adaptação. Creio que será tão fofo e incrível quanto os livros.
Quem mais está animado com a notícia?

A 5ª Onda (The 5th Wave)

The 5th Wave (@5thWaveMovie) - Twitter

Sinopse:

Na primeira onda, um pulso eletromagnético acaba com a eletricidade do planeta, trazendo caos. Na segunda onda, os tsunamis destroem todas as cidades. Na terceira onda, a quantidade de pássaros aumenta, e começam a transmitir a gripe aviária. Na quarta onda, os “Outros” já estão vivendo entre os humanos, disfarçados, eliminando o resto dos sobreviventes. Agora, se a quinta onda for bem sucedida, a humanidade será completamente extinta.

Eu assisti ao filme uma semana após o lançamento, e novamente ontem. Devo dizer que me surpreendi e minhas expectativas foram alcançadas.
Houveram mínimas mudanças em relação ao livro, o que para mim, é um ponto positivo.
Todas as cenas são carregadas de ação e a cinematografia é fantástica. Ao ver os tsunamis tomarem as cidades, imediatamente lembrei do incrível filme: “Terremoto- A Falha de San Andreas”.

“É assim que você acaba com uma espécie. Primeiro, você elimina os mais fáceis, os fracos, os expostos. Você mata da forma mais eficiente possível. Essas foram as três primeiras ondas. Mas mesmo quando você dedetiza a casa, sempre sobra algumas baratas. Agora somos essas baratas, e os “Outros” estão nos caçando. Um de cada vez. E como os “Outros” se parecem com a gente, não podemos confiar em ninguém.”

Os atores escolhidos se encaixaram perfeitamente aos personagens e fizeram um ótimo trabalho. Todos nós já sabemos que a Chloë Grace Moretz arrasa na maioria dos filmes em que participa, mas devo citar que Zackary Arthur, ator que interpreta Sam, é simplesmente a coisa mais fofa do mundo.

É triste saber que A Quinta Onda recebeu várias críticas negativas e é frequentemente comparado aos famosos filmes distópicos, como Jogos Vorazes e Divergente.
Para ser uma distopia, a mesma base de história deve ser utilizada. Um governo opressor somado ao avanço tecnológico ou cenário pós-apocalíptico. Porém, dentro destas “regras”, cada filme tem a sua essência e história à contar. Não há problema algum em comparar um filme com algo que já vimos anteriormente, mas desmerecer uma obra porque achamos que uma outra é superior, ao meu ver, é algo injusto. No entanto, todos nós temos opiniões diferentes e eu respeito isso.

Eu recomendo o filme mesmo para as pessoas que não leram o livro, e não fazem a menor ideia do que acontece no final. O “triângulo amoroso” não interfere na ação que o filme traz e a mensagem que este transmite.
Particularmente, se uma obra envolve alienígenas, de certo eu assistirei/lerei. Não é à toa que amo a série “Doctor Who” e o filme “O Predador”.

Se você já leu A 5ª Onda, e planeja adquirir o segundo livro, A Editora Fundamento está com uma promoção em seu site.
Na compra do primeiro livro da trilogia com a capa do filme ou o livro O Mar Infinito, você ganha um ingresso para assistir ao filme.
Eu ainda não li o segundo livro, e quando fui procurar nas lojas online, em quase todas já estava esgotado ou com um preço absurdo. Comprar direto pelo site da editora me parece ser a melhor opção no momento.

Lembrando que o último livro da trilogia, “The Last Star”, traduzido ao português como “A Última Estrela”, será lançado no dia 24 de maio nos EUA pela G. P. Putnam’s Sons, e chegará ao Brasil logo em seguida.


Synopsis:

In the first wave, an electromagnetic pulse ends the electricity of the planet, bringing chaos. In the second wave, tsunamis destroy all cities. In the third wave, the number of birds increase and begin transmitting a virus. In the fourth wave, the “others” are already living among humans, undercover, eliminating the rest of the survivors. Now, if the fifth wave be successful, mankind will be completely extinguished.

I’ve watched the film a week after it came out and again yesterday. I must say that I was surprised and my expectations were met.
There were minimal changes from the book which for me is a plus point.
All scenes are loaded with action and the cinematography is fantastic. Seeing the tsunamis take the cities immediately reminded me of the incredible movie “San Andreas”.

“This is how a species is eliminated. First, you will take the easy targets, the weak, the sick. You kill them in the most effective way. This was the first 3 waves. But even when you flood a house with insecticide, there is always some cockroaches and that’s what the survivors are. The “others” are killing us, one by one, because they are like us. We can trust anyone.”

The actors chosen fit perfectly to the characters and they did a great job. We all know that Chloë Grace Moretz was amazing in almost all of the films she participated, but I must mention that Zackary Arthur, actor who plays Sam, it’s just the cutest thing ever.

It’s sad to know that The Fifth Wave received several negative reviews and it’s often compared to the famous dystopian films like The Hunger Games and Divergent.
To be a dystopia, the same basic story must be used. An oppressive government added to technological advancement or post-apocalyptic setting. However, within these “rules”, each film has its essence and story to tell. There is no problem in comparing a film with something we’ve seen before, but depreciate a work because we think another is superior, in my view, is something unfair. However, we all have different opinions and I respect that.

I recommend the movie even for people who have not read the book and have absolutely no idea what happens at the end. The “love triangle” does not interfere with the action of the film or the message that bring us.
Particularly, if a work involves aliens in it I’ll watch/read. No wonder I love the TV Show “Doctor Who” and the movie “Predator”.

Recalling that the last book of the trilogy, “The Last Star”, will be released on May 24 by G. P. Putnam’s Sons.